Hospital do Câncer Mãe de Deus, de Porto Alegre, vem trabalhando em um projeto desde 2017, juntamente com o Watson for Oncology – a inteligência artificial da IBM para o tratamento de pacientes com câncer. 

O Watson é uma plataforma em nuvem, de inteligencia artificial, que auxiliará a equipe médica na identificação de tratamentos customizados. Assim com base no perfil de cada paciente

Responsável por disponibilizar todas as informações clínicas dos pacientes diagnosticados, além disso o sistema também auxilia na análise do histórico de resultados dos exames.

A Inteligência Artificial Watson da IBM

O Watson for Oncology é treinado pelo Memorial Sloan Kettering Center (MSK), que é de fato um dos mais importantes centros de estudos sobre câncer do mundo. Desta forma, a inteligencia artificial utiliza evidências atualizadas mensalmente e classificadas por nível de relevância por oncologistas de diversos países. Segundo a IBM, já foram processados e analisados mais de 15 milhões de conteúdos científicos.

Inteligência Artificial Watson da IBM
Inteligência Artificial Watson da IBM

Com todo este poder de análise de conhecimento da inteligencia artificial, o Watson não só informará a importância de cada procedimento para cada caso clínico, como também auxiliará os médicos. Com recomendações de medicamentos e opções de tratamento, com base em evidências científicas mundiais.

O executivo de vendas da IBM Watson Health no Brasil, Eduardo Cipriani explicou que:

A intenção é que o Watson for Oncology democratize o acesso ao crescente conhecimento sobre câncer disponível atualmente. Para nós, é uma honra trabalhar com organizações de saúde, como o Hospital do Câncer Mãe de Deus, para empoderar os oncologistas e tornar a medicina mais participativa“.

Perspectivas Para o Futuro

O diretor do Hospital do Câncer Mãe de Deus, Dr. Carlos Barrios também comemorou a iniciativa do projeto que utiliza a inteligência artificial afirmando que:

um dos propósitos do Hospital do Câncer Mãe de Deus é oferecer para os seus pacientes toda a gama possível de alternativas de tratamento. O Watson for Oncology integra-se ao trabalho de nossos oncologistas, possibilitando maior acesso à informação curada e qualificando as decisões dos médicos”.

Contudo, um benefício do trabalho realizado com a plataforma de computação cognitiva. É que sua base de dados pode ser expandida continuamente, com novas evidências científicas. Assim permitindo ao corpo médico uma constante atualização sobre trabalhos relevantes desenvolvidos ao redor do mundo.

Dessa forma, a inteligência artificial da IBM para o tratamento de pacientes com câncer, aplicada pela primeira vez em um hospital brasileiro, abre caminhos para o desenvolvimento de novas soluções aos pacientes.

Compartilhe Agora: